Album de Fotos Política

Quinta-feira, 01 de novembro de 2012 ás 20:11:00

Novo prefeito reúne todo o secretariado no feriado

Priorizar o pagamento dos 21 mil servidores da prefeitura até o final do ano, cortar gastos de custeio, reduzir os cargos comissionados, desbloquear recursos da prefeitura de Natal e manter os serviços essenciais. São estas as prioridades do novo prefeito de Natal, Paulinho Freire (PP), que assumiu o cargo na quinta-feira com o afastamento da prefeita Micarla de Sousa, determinada pela Justiça Estadual.

Nesta sexta-feira, 2, em pleno feriado dos Finados, o novo prefeito de Natal se reuniu com os 24 secretários municipais e presidentes das autarquias Urbana e Ativa, quando os auxiliares da ex-prefeita colocaram seus cargos a disposição. Dois deles, os secretários Jean Valério, da Secopa, e de Bosco Afonso, da Semurb, investigados pelo Ministério Público Estadual, juntamente com Micarla, pediram exonerações de forma irrevogável.

A reunião, que durou cerca de 3 horas, numa sala da Procuradoria Geral do Município, na rua Mossoró, serviu para o novo prefeito ouvir os secretários sobre a situação de cada secretaria municipal. Depois da reunião, o novo prefeito de Natal deu entrevista aos repórteres que faziam plantão no lado de fora da sala.

Ele afirmou que a prioridade da prefeitura será pagar os salários dos servidores até o final do ano, bem como já adiantou que alguns fornecedores vão ter que esperar o próximo prefeito eleito para receber. Freire espera até quarta-feira finalizar o pagamento dos servidores. Segundo ele, faltam apenas cerca de 800 deles receberem seus salários.

“Não poderei pagar todos os fornecedores. Não posso fazer mágica. A Prefeitura está em crise. O objetivo é pagar os débitos com os servidores. Infelizmente, não teremos orçamento para quitar tudo. Os fornecedores terão que esperar”, afirmou Paulinho Freire, que na segunda-feira, em entrevista coletiva, vai anunciar as medidas administrativas para amenizar a crise e conduzir a prefeitura até a posse do novo prefeito.

“Vamos fazer algumas ações, inclusive com gestões junto a Justiça para os desbloqueios de recursos na conta da prefeitura”, disse, que explicou que o atraso nos pagamentos de outubro foi devido a estes bloqueios. 

“Então nós temos que pedir a todas as instituições a compressão para que a gente possa fazer um pacto de 60 dias para que possamos fazer uma transição tranquila e entregar a cidade de forma bem transparente para que a próxima gestão tenha consciência de tudo o que vai receber para que ele possa impor suas metas também”, explicou o prefeito.

  • /sistema/app/content/img/fotos/021120122128184f97d4c75e0eb05b82f20136b8421e78.jpg
  • /sistema/app/content/img/fotos/0211201221281883e69d8ae8354d21067e21cce927859d.jpg
  • /sistema/app/content/img/fotos/021120122128187c2e3af07b3e4060d3ae3bf9982623d1.jpg
  • /sistema/app/content/img/fotos/021120122128192e6e2bef4bcb24ec512815cdeb331801.jpg
  • /sistema/app/content/img/fotos/02112012212819fe1891488d539f6ed4ce7a9175aad86a.jpg
  • /sistema/app/content/img/fotos/02112012212819522c452bdc07f9a1eca0ab125e721474.jpg
  • /sistema/app/content/img/fotos/02112012212820670ca75d87dfa403a0bcb3b2efdc4395.jpg

Acontece

Cruzamento sem sinalização causa acidente e prejuízos para professora

O acidente aconteceu em fevereiro e até agosto a STTU não sinalizou o cruzamento

Passeio de buggy é o mais procurado pelos turistas que visitam Natal

Para os turistas que chegam a Natal sempre fica aquela dúvida de quais passeios a fazer, já que as opções...

Professora que acusa dentista de estupro espera que Justiça o condene

Há três anos, no dia 28 de abril de 2014, a professora de inglês Kariene Karla Soares, então 22...