Notícias Copa 2014

Sexta-feira, 06 de setembro de 2013 às 01:57:00

Ministro dos Esporte visita Arena das Dunas

Imagem da notícia

Com quase 90% das obras concluídas, o estádio Arena das Dunas de Natal está previsto para ser entregue pronto pelo consórcio Arena Natal (construtora OAS) até o dia 31 de dezembro, sem ter sofrido acréscimo do total orçado originalmente.

“A gente se orgulha também em dizer que esta obra não passou por nenhum tipo de reajuste, ela foi orçada em R$ 400 milhões e essa mesma cifra continua até hoje”, afirmou Rosalba Ciarlini, nesta sexta-feira, 6, após acompanhar o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, na visita a Arena das Dunas.

Além da governadora e do ministro, o secretário Especial da Copa, Demétrio Torres, e do diretor do consórcio, Charles Maia, acompanharam a visita.

O ministro comentou que participa da construção do estádio de Natal desde que foi dada a ordem de serviço.

“Eu sempre acreditei na conclusão dessa obra, vejo com otimismo a Copa do Mundo em Natal”, disse o ministro.

Segundo Rabelo, não há o que questionar sobre a utilização da arena depois da Copa, afirmando que “o legado deixado por esse grande evento esportivo vai beneficiar todo o Rio Grande do Norte, empregos serão gerados e a renda certamente vai movimentar a economia potiguar”.

A comitiva do ministro visitou vários setores do estádio, que já teve a parte de concreto finalizada e está recebendo a cobertura que deverá ficar pronta até novembro, segundo o secretário da Copa.

No momento, cerca de 1.800 trabalhadores trabalham na obra, que está com 88% concluída, faltando basicamente a colocação da cobertura, das cadeiras e de duas partes das arquibancadas móveis em infraestrutura metálica, que ficarão nos fundos dois gols. No mais, segundo o pessoal do consórcio, são os acabamentos dos banheiros, dos camarotes e vestiários, além da parte hidráulica, elétrica e de telecomunicações.

Após a visita ao setor dos camarotes, a governadora, o ministro e o secretário da Copa participaram de uma entrevista coletiva de imprensa ainda na arquibancada, quando também posaram para fotos e falaram sobre a conclusão do estádio e das obras de mobilidade para a Copa.

A governadora disse que construção da Arena das Dunas “é uma vitória” do seu governo, que pegou a obra sem licitação, atrasada no seu início, com Natal correndo o risco de perder sua participação na Copa do Mundo de 2014.

A Arena das Dunas foi um dos últimos estádios a iniciar as obras, mas a governadora garantiu que não será o último a entregar o seu pronto.

O estádio de Natal para Copa de 2014 está sendo construído numa Parceria Público-Privada (PPP), que é um modelo de sociedade em que o governo estadual se associa à iniciativa privada para viabilizar o projeto.

A Arena das Dunas foi licitada em 2011 no início do governo Rosalba Ciarline com o valor de R$ 400 milhões, sendo que R$ 300 milhões garantidos a partir de empréstimo do BNDES, com o consórcio Arena Natal investindo R$ 100 milhões de recursos próprios.

Depois de pronto, o estádio terá capacidade para 42 mil pessoas na Copa do Mundo, mas sua capacidade final será de 32 mil torcedores sentados. A diferença de 10 mil lugares é resultado de um acerto do governo do Estado com construtora OAS. O governo vai instalar 10 mil lugares atrás dos gols em arquibancadas móveis só para atender a Fifa. Depois da Copa, as arquibandas metálicas são desmontadas e a Arena fica com capacidade para 32 mil lugares.

Sobre as obras de mobilidades para a Copa, a governadora explicou que para o Estado ficou a responsabilidade dos acessos Norte e Sul ao novo aeroporto de São Gonçalo do Amarante, que deverá ser inaugurado em abril de 2014, bem como o prolongamento da Avenida Prudente de Morais.

Mas segundo Ciarline, devido a Copa, o governo Federal está investindo cerca de R$ 700 milhões em saneamento básico de Natal, que vai deixar a capital potiguar com 90% de esgotamento sanitário, contra os atuais 27%.

A governadora disse que o projeto de melhorias da Avenida Engenheiro Roberto Freire vai sair depois da Copa e faz parte do PAC de Mobilidade Urbana, e não mais do PAC da Copa do Mundo.

Já sobre o projeto do VLS (Veículo Leve sobre Trilhos), a governadora disse que ele também passou para o PAC de Mobilidade Urbana e vai sair do papel no próximo ano, mas não será para Copa.

Ao final da entrevista coletiva, a governadora anunciou que no próximo ano, o Rio Grande do Norte irá sediar mais um campeonato internacional, o Campeonato Sul-americano de Atletismo. Ele será disputado em março, na pista de atletismo do Campus Universitário da Universidade Federal (UFRN), que foi entregue agora pelo ministro, na abertura dos Jogos Escolares da Juventude 2013, etapa de 12 a 14 anos, na quinta-feira.

Esta edição disputada em Natal conta com a participação de mais de 4.300 atletas na disputa de 13 modalidades: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei e xadrez.




Deixe o seu comentário

Enviar por e-mail

Acontece

Cruzamento sem sinalização causa acidente e prejuízos para professora

O acidente aconteceu em fevereiro e até agosto a STTU não sinalizou o cruzamento

Passeio de buggy é o mais procurado pelos turistas que visitam Natal

Para os turistas que chegam a Natal sempre fica aquela dúvida de quais passeios a fazer, já que as opções...

Professora que acusa dentista de estupro espera que Justiça o condene

Há três anos, no dia 28 de abril de 2014, a professora de inglês Kariene Karla Soares, então 22...